Pesquisa

PagSeguro UOL

Doação PayPal

R$100,00 ao Mês por Exemplo
   
          

Vamos Frutificar

Organograma da Igreja:

 

Vídeos de Cruzadas e Escolas:

 

R.M.M.

Rede de Mobilizacao Missionaria:

CaminharSozinho

D.A. - Discipulado Apostólico 1+1:

discipulos

 

Estudos Bíblicos - AP - Movimentos de Oração Modernos
Índice do Artigo
Estudos Bíblicos
95 Teses da Reforma
AP - Barreiras para sermos Respondidos
Ciência não Exclui DEUS
Cientistas Descobrem Sodoma e Gomorra
Contemporaneidade dos DONS Espirituais
Curso de Exorcismo no Vaticano
Demônios que Energizam os Pensamentos dos Incrédulos
Entrevista Pastor Doug Fields
ESPANHOL - Adorando lo que Sabemos
ESPANHOL - Geración Profética
ESPANHOL - Mujer un Istrumento nas Manos de Dios
ESPANHOL - Una Iglesia en Avivamiento
AP - EVANGELISMO e DISCIPULADO
Exorcismo Científico
Expedição Russa sai em Busca da Arca de Noé
Feiticeira de En-Dor - I Sm 28.1-25
Feriados de Origem Pagã
História das Cartas do Baralho
Ap - História dos Avivamentos Espirituais
AP - Impedimentos de Entrar no Santo dos Santos
Informações Importantes sobre os
INGLES - Prophetic Generation
INGLES - The Church Livening
INGLES - Woman - An Instrument in God's Hand
AP - Intercessor na sala do Trono
AP - Jejum Bíblico
AP - Jejum Bíblico
Martírio dos Apostolos
AP - Métodos Dinâmicos para Manter a Chama Viva
MONDEX - ILLUMINATI
AP - Movimentos de Oração Modernos
AP - Movimentos de Oração Modernos
AP - Oração Cristã
AP - Oração Vitoriosa
Os Camelos Engolidos por Calvino
AP - Para que tanta Oração se Deus já sabe de tudo?
Paz com DEUS
Paz com DEUS
Primeiros Cristao e a Reencarnacao
Principais Datas do Evangelho no Brasil
Principais Datas do Cristianismo
Protestantismo: o que deu errado?
Queda da Babilônia
Sociedades Secretas e o Senhor Jesus Cristo - Parte 1
Sugestões Práticas para Equipes de Intercessão
AP - Tempo de Colher e não mais de Semear
AP - Tipos de Oração
AP - Tipos de Oração
AP - Você Precisa Orar
Todas Páginas

AP - Movimentos de Oração Modernos
por Pr. Jelson Becker

Movimentos de Oração Modernos

 

O historiador A.T. Pierson disse que “jamais houve um despertamento em qualquer país ou cidade que não tivesse começado com a oração comunitária”. No século XVIII surge na América do Norte um especialista em reavivamentos  espirituais, ele fez uma pesquisa sobre o estado geral da igreja em fins de 1700. E descobriu que todas as demominações evangélicas estavam profundo declínio numérico, moral e espiritual.

Luteranos, Presbiterianos, Metodistas, Congregacionais, Batistas, Episcopais e outros estavam tão debilitados espiritualmente que o Juiz do Supremo Tribunal, John Marshall escreveu ao bispo da Virgínia desabafando que “a igreja estava perdida e era impossível ser recuperada”. Nesse mesmo período surge na França um filósofo chamado Voltaire o qual declarou que “em trinta anos o cristianismo terá sido esquecido“.

Deus tinha planos maiores para sua igreja, “as portas do inferno não prevalecerão contra ela”. Semelhante aos grandes avivamentos bíblicos, Deus levantou homens e mulheres para jejuar e interceder a fim de gerar um grande avivamento.

Em 1794, Isaac Backus, um pastor batista enviou a todos os pastores do país um apelo urgente a oração. Em seu desespero milhares de igrejas começaram a jejuar e orar mudaram seus cronogramas de atividades e priorizaram a oração. Milhares de grupos de intercessores foram  formados, muitos deles jejuavam pela vida do  seu pastor e família.

Dentro de alguns messes, uma grande onda de reavivamento explodiu em Kentucky. Onde mais de onze mil cristãos de diversas denominações compareceram para um único culto ao ar livre. Esse avivamento espiritual se espalhou pelos estados vizinhos, dando origem ao grande movimento missionário norte americano. Muitas nações receberam milhares de missionários americanos em resposta a essa onda de avivamento, inclusive o Brasil. Semelhante a Fênix que ressurge das cinzas a autoridade profética da igreja foi sendo restaurada, mudanças significativas aconteceram na sociedade como à abolição da escravatura, à educação popular, às sociedades bíblicas e diversos outros benefícios sociais.

Na Europa ocorreram eventos similares. Evan Roberts, um simples minerador galês foi profundamente impactado pela pregação de Seth Joshua, um evangelista presbiteriano em princípios de 1900. Roberts tornou-se um grande pregador usado por Deus. Esse movimento alastrou-se como fogo sobre todo o País de Gales, em cinco meses mais de cem mil pessoas haviam tido um encontro com Cristo.

Logo atingiu outros países como Alemanha, Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul e partes da América Latina. Nas Filipinas o missionário Lester Sumrall orou com mais de 150 mil pessoas por receberem a Cristo. Os efeitos desse avivamento continuam até os dias de hoje.

Na Argentina, em 1991, na cidade de Resistência os pastores se organizaram em unidade para jejuar e orar por avivamento, o resultado foi uma significativa queda nos relatórios estatísticos de crimes e violência. No Brasil também ocorreram várias mudanças desse tipo, tanto na igreja como na sociedade, em resposta aos grupos de pastores que se uniram para orar por cidades como Londrina, Cianorte, Pompéia, Presidente Prudente, Belém e mais recentemente Deus esta mobilizando mais de 300 mil pessoas em jejum e oração no estado do Espírito Santo pela redenção de sua terra.

 Em 1970 teve início um grande movimento de Intercessão e Oração ao redor do mundo. Na verdade já havia na Coréia um forte avivamento espiritual e a experiência positiva de nossos irmãos coreanos inspirou milhares de pessoas ao redor do mundo para colocarem em prática os princípios que regem o ministério da intercessão e oração.

No Brasil surgiram vários líderes que multiplicaram a visão, como por exemplo,  o pastor Jonathan Ferreira dos Santos do Ministério Vale da Bênção, que construiu o Centro de Oração 24 horas por dia. Movimentos como o AD2000, Desperta Déboras, COMIBAM, Rede de Intercessão Mundial e inúmeros outros começaram a publicar periodicamente boletins de intercessão. Muitos desses alvos de oração já foram alcançados, outros ainda não... mas o que temos observado é que a partir  desses movimentos de oração muitas coisas mudaram.

Dentre um desses alvos de oração, destaco a decadência global do Sistema Comunista. Durante décadas foram e em alguns países ainda hoje são verdadeiras barreiras para a proclamação do evangelho. Durante os anos 70, 80 e 90 todos os principais boletins de oração mobilizavam a igreja ao redor do globo para jejuar e orar contra essas “barreiras espirituais e políticas” para a pregação do evangelho. Hoje muitos países que outrora torturavam missionários recebem carregamentos de bíblias para distribuição gratuita.

Eu sou um desses que fui profundamente tocado pelo Espírito Santo para fazer parte desses movimentos de intercessão. Aos 15 anos de idade ouvi um seminário sobre Oração e Intercessão e compreendi que se aplicarmos alguns princípios bíblicos em nossa vida de oração ela potencialmente se tornará mais agradável e eficiente.

Quem nunca desistiu de orar por não ver resultados em suas orações? Eu era uma dessas pessoas... Na verdade eu não sabia que Deus sempre ouve nossas orações, porém nem sempre as responde como queremos! Orações não respondidas são um mito. Ele sempre as responde, às vezes com um “sim”, outras com um “não” e ainda há momentos em que Ele nos responde “espere”, continue orando, pois ainda não chegou o tempo.

Eu sabia que a oração era importante na vida de um cristão autêntico, mas não orava, não era estimulado, não compreendia a importância de uma vida diária de oração. Como a grande maioria dos cristãos em nossas igrejas hoje, acreditava que orar era apenas um “momento litúrgico muito bonito no culto”. Não passava de simbolismo. As poucas vezes em que fui a uma reunião de oração fui com a mesma expectativa com que ia a uma consulta com o dentista ou médico.

Hoje, não tenho dúvidas de que Deus já naquela época tinha um propósito profético comigo, e que o Ministério da Intercessão seria muito importante em minha vida. Desde então tenho sido um diligente pesquisador, leitor e praticante do assunto.

 

O espírito das águas
por `Recebido por E-mail

O ESPÍRITO DAS ÁGUAS

Como lidar com eles? Fatos que vão formar alicerce para você lidar com eles: ¾ da superfície da terra é água e ¾ do seu corpo é água. Sem água não podemos viver. As plantas, os animais, todos necessitam da água pois ela é um elemento de vida, meio de purificação, centro de regeneração, representa a infinidade dos possíveis, contém todo virtual, informal, germe dos germes, promessas de desenvolvimento, mas também ameaças de reabsorção.

Em Gênesis. 1:6-7 “E disse Deus: Haja firmamento no meio das águas e separação entre águas e águas. Fez, pois, Deus o firmamento e separação entre as águas sobre o firmamento”. E assim se fez.

Há espíritos na terra e no firmamento das águas. Quando você vê cidades perto do oceano, você vê que algo é diferente no povo. Firmamento é algo que suporta seu próprio peso e também cargas ou pesos externos.

Exemplo: Em quase todas as cidades do mundo, há o costume de batizar seus navios, barcos e lanchas com champanhe; isso é oferenda aos espíritos das águas.

O rio Ganges na Índia é chamado de rio Santo, onde o povo se banha, conhecido como cabeleira de Xiva. Os rios são chamados de “os braços do mar”.

Aqui no Brasil, com muito engano, Iemanjá é o espírito das águas, a chamada senhora do mar, a mãe da fertilidade. Por esse motivo esse espírito tem ligação com aborto, por isso também todas as pessoas que foram oferecidas a ela ou a sua falange (corpo de tropas) têem problemas de esterilidade, aprisionamento em certas áreas de suas vidas, desequilíbrio, trazendo consigo a insegurança.

Marcos 5: 1- 13 (ler)

Eram muitos demônios e seu nome era legião (diz a Palavra de Deus, cerca de 2000 demônios) eram demônios da região, e já tinham conquistado autoridade sobre a mesma, já estavam acostumados ali, assim como pessoas acostumadas na sua cidade, estado ou país; por isso pediram que não fossem mandados para fora do “país”, preferiram entrar numa manada de porcos e com a permissão de Jesus, precipitaram despenhadeiro abaixo, para dentro do mar. Os porcos por sua própria natureza não gostam de água, mas os espíritos ficaram nas águas onde os porcos se afogavam, os espíritos, porém, não se afogaram e ficaram nas águas.

O espírito das águas veio da Nigéria com os escravos.

O espírito das águas é violento, e em certos casos enlouquecem as pessoas, e uma das coisas que quer fazer, é levar as pessoas à nudez, eles levam as pessoas a tirarem a roupa, ou vestirem pouca roupa.

Este espírito que Jesus encontrou, era o espírito das águas.

Salmo 74:13 e 14 – “Tu dividiste o mar pelo teu poder; quebraste as cabeças das serpentes das águas. Esmagaste as cabeças do Leviatã e o deste por comida às criaturas do deserto”. (Bíblia –NVI)

Há monstros marinhos (leviatã=crocodilo = Almirante Supremo e Governador dos Países Marítimos do Inferno). Leviatã é muito enganador e difícil de ser expulso. Tenta possuir os humanos, especialmente mulheres, e Ihes ensina hábitos ruins

Este leviatã era uma serpente semelhante a Kundalini (a serpente simbólica da yoga).

Deus dividiu as águas do mar vermelho para que o povo passasse a seco. A Bíblia afirma que nas águas há monstros marinhos como o leviatã, e para lidar com eles Deus os tira das águas e coloca-os no deserto.

Ezequiel 29:2- 3 - "Filho do homem, volve o rosto contra Faraó, rei do Egito, e profetiza contra ele e contra todo o Egito. Fala e dize: Assim diz o Senhor Deus: Eis-me contra ti, ó Faraó, rei do Egito, crocodilo enorme, que te deitas no meio dos seus rios e que dizes: O rio Nilo é meu; eu o fiz para mim mesmo”.

Deus enviou um profeta para falar com Faraó, pois ele havia feito aliança com esse espírito das águas, recebia poder, e ousou ir contra Deus. Este relacionamento de Faraó com o espírito das águas chegou a tal ponto que ele dizia: “O rio NIlo é meu, e eu o fiz para mim mesmo”. Ele nunca teve poder de fazer nada!

E Deus disse: vrs.4 e 5 – “Mas eu porei anzóis em teus queixos e farei que os peixes dos teus rios se apeguem às tuas escamas; tirar-te-ei do meio dos teus rios, juntamente com todos os peixes dos teus rios que se apeguem às tuas escamas. Lançar-te-ei para o deserto, a ti e a todo peixe dos teus rios; sobre o campo aberto cairás; não serás recolhido, nem sepultado; aos animais da terra e às aves do céu te dei por pasto”.

Deus vai tratar com estes espíritos deixando-os em total desolação, sem morada, pois deixarão de existir assim como diz em Apocalipse 21: 1 – “Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe”.

Isto nos revela que os que estão em autoridade, e fazem aliança com este espírito, passam esta herança à sua descendência. Podemos herdar de nossos pais e familiares esta influências.

Um dos poderes que Moisés teve que lidar era com o espírito das águas. Quando Faráo disse: Não deixe o povo sair, ele tinha aliança com estes espíritos. Geralmente as autoridades que tem aliança com estes espíritos são arrogantes.

Êxodo 7: 19 - 21 – “Disse mais o Senhor a Moisés: Dize a Arão: toma o teu bordão e estende a mão sobre as águas do Egito, sobre os seus rios, sobre os seus canais, sobre as suas lagoas e sobre todos os reservatórios, para que se tornem em sangue; haja sangue em toda a terra do Egito, tanto nos vasos de madeira como nos de pedra. Fizeram Moisés e Arão como o Senhor lhes havia ordenado: Arão, levantando o bordão, feriu as águas que estavam no rio, à vista de Faraó e seus oficiais; e toda a água do rio se tornou em sangue. De sorte que os peixes que estavam no rio morreram, o rio cheirou mal, e os egípcios não podiam beber a água do rio; e houve sangue por toda a terra do Egito”.

Houve guerra espiritual com essas entidades que atuavam nas águas.

Ezequiel 32: 2-5 – “Filho do homem, levanta uma lamentação contra Faraó, rei do Egito, e dize-lhe: Foste comparado a um filho de leão entre as nações, mas não passas de um crocodilo nas águas; agitavas as águas, turvando-as com os pés, sujando os rios. Assim diz o Senhor Deus: Estenderei sobre ti a minha rede no meio de muitos povos, que te puxarão para fora na minha rede. Então, te deixarei em terra; no campo aberto, te lançarei e farei morar sobre ti todas as aves do céu; e se fartarão de ti os animais de toda a terra. Porei as tuas carnes sobre os montes e encherei os vales da tua corpulência”, (corpo grande, obeso).

Deus fala mais uma vez “profetiza” contra Faraó, ele se comporta como leão, ele é arrogante, tem força e pode matar. O leão mata sem misericórdia. Deus dizia que este era o caráter de Faraó.

Ezequiel 28:2 – “Filho do homem, dize ao príncipe de Tiro: Assim diz o Senhor Deus: Visto que se eleva o teu coração, e dizes: Eu sou Deus, sobre a cadeira de Deus me assento no coração dos mares, e não passas de homem e não és Deus, ainda que estimas o teu coração como se fora o coração de Deus”.

Deus manda Ezequiel profetizar contra o príncipe de Tiro, o coração desse príncipe era elevado, ele disse: “eu sento na cadeira de Deus no coração dos mares”. Isso nos revela, que há lugares, tronos e poder no coração dos mares. Ezequiel 26: 16 – “Todos os príncipes do mar descerão dos seus tronos, tirarão de si os seus mantos e despirão as suas vestes bordadas; de tremores se vestirão, assentar-se-ão na terra e estremecerão a cada momento; e, por tua causa, pasmarão”.

E àqueles que estão em contato com esses poderes fala: "Eu sou Deus". Na verdade não passam de homens arrogantes, e cheios de orgulho.

Em Ezequiel 28:3–6 : “sim, és mais sábio que Daniel, não há segredo algum que se possa esconder de ti; pela tua sabedoria e pelo teu entendimento, alcançaste o teu poder e adquiriste ouro e prata nos teus tesouros; pela extensão da tua sabedoria no teu comércio, aumentaste as tuas riquezas; e, por causa delas, se eleva o teu coração, assim diz o Senhor Deus: Visto que estimas o teu coração como se fora o coração de Deus”.

Quem serve a estes espíritos recebe poder sobrenatural, sabedoria e entendimento dos mistérios das trevas, pois o mar e todas as outras fontes de água estão cheios de mistérios, segredos, etc.

A riqueza, os tesouros estão ligados aos espíritos das águas. A maior parte dos espíritos do mal estão nas águas. São espíritos que trazem violência, falsidade, desiquilíbrio, inveja, inconstância, ciúmes, prostituição (fornicação, sexo ilícito e explicito, nudez, sensualidade, esterilidade), agressividade, adversidade, principalmente contra autoridade, roubam a fé, trazem inquietação, paralisia espiritual, irresponsabilidade, medo, insegurança, esterilidade espiritual, luxúria, pobreza, adultério.

Daniel 7: 1-3 : “No primeiro ano de Belsazar, rei da Babilônia, teve Daniel um sonho e visões ante seus olhos, quando estava no seu leito; escreveu logo o sonho e relatou a suma de todas as coisas. Falou Daniel e disse: Eu estava olhando, durante a minha visão da noite, e eis que os quatro ventos do céu agitavam o mar Grande. Quatro animais, diferentes uns dos outros, subiam do mar”.

Esses animais eram os quatro reinados da Babilônia, eles saíram das águas isso nos revela duas coisas: esses reinos não eram estabelecidos por Deus e sim por deuses.Nós precisamos compreender mais sobre esses espíritos, há poder que saem das águas.

Em Apocalipse 17: de 1 à 4 diz que a meretriz que se acha sentada sobre muitas águas, se prostitui com os reis da Terra. Ela estava sentada sobre muitas águas, ela recebeu seu poder das águas, e ela sai das águas. O vinho de sua prostituição foi o que embebedou os que habitam na Terra. Esses espíritos terríveis fizeram com que todos os povos da Terra tomassem o vinho da prostituição, tudo que vem da pornografia, e sexo ilícito.

No vrs. 5 : “­Na sua fronte, achava-se escrito um nome, um mistério: BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA”.

Esses espíritos procuravam os reis e autoridades para poluir mais rapidamente, pois, quando é atingido uma autoridade (um cabeça, um rei) é contaminado conseqüentemente seu reinado e atingido com o mesmo motivo, ainda que não sendo aparente aos olhos daqueles que fazem parte do mesmo.

Vers 4 : “Achava-se vestida de púrpura e escarlate com o cálice de ouro.” Isso nos fala de luxúria, riqueza, pois, ela tinha dentro deste cálice, imundícia.

Esses espíritos levam as pessoas a andarem nuas ou com pouca roupa, andam com elegância e estilo. A atuação destes espíritos, influenciam as roupas no carnaval (guarda-roupa de satanás).

Na Nigéria há atuação de 16 ídolos dessa espécie, e os mais poderosos são ogum (o deus do ferro) e também iemanjá e oxum. No ritual de oferenda para iemanjá, a pessoa que vai levar o oferta, tem que ser virgem, não pode falar com ninguém na hora da oferenda, tem que estar vestida toda de branco, não pode tropeçar em nada, e é acompanhada por um sacerdote que supervisiona o sacrifício, para que tudo saia conforme o ritual diz. Depois disso, essas mulheres se casam com esses espíritos. Futuramente, essas mulheres têm dificuldade em ter relação com seus maridos, pois se tornam frias como uma geleira que vive nas águas, afetando a seus próprios maridos, levando-os a cometerem adultério.

Salmo 77:16 – “Viram-te as águas, ó Deus; as águas te viram e temeram, até os abismos se abalaram”. (Têm sentimento e enxergam).

Sentiram medo porque viram a Deus. Jesus repreendeu o mar, na tempestade e as águas se acalmaram (Veja Marcos 4:35 à 39). E como toda autoridade nos foi dada através de Jesus Cristo, podemos falar às águas e repreendermos o espírito das águas, antes que entrem em nossas entranhas, e sejamos enlaçados em uma aliança destrutiva em nossas vidas, trazendo sobre nós as maldições das águas.

Há certos mares, rios, lagos, onde pessoas são afogadas regularmente. Estas são as águas, muitas vezes usadas para rituais com sacrifícios de sangue de animais ou humanos, que dão legalidade para os afogamentos (espíritos das águas que trazem morte). Deus dividiu as águas para fazer para si um nome eterno.

Ler Salmo 114.

Perguntas para ministração:

1- Entrou menstruada nas águas? (por causa do sangue/sangue é aliança)

2 - Já teve relação sexual nas águas?

3 - Já se masturbou dentro d'água?

4 - Fez oferenda para deuses nas águas?

5 - Pulou ondas com sentido espiritual ou por superstição?

6 - Deu às águas algo que era seu, como: cabelo, roupa, unha, etc.?

7 - Se enterrou na areia?(com sentido espiritual)

8 - Fez o sinal da cruz frente o mar ou águas em geral, rezou algum mantra?

9 - Fez castelos de areia? (com sentido espiritual)

Se fez alguma destas coisas, mesmo sem entendimento, é importante orar, fazendo as renúncias destas atitudes, por causa da contaminação nas águas.

Mandar que os espíritos das águas,saiam levando o barulho das águas que o deixam surdo (espiritual), tirando sua força de cima das pálpebras deixando o ser humano sem conseguir abrir os olhos, trazendo assim a cegueira espiritual.

ORAÇÃO

Senhor meu Deus, venho a Ti em nome de Jesus, nesta oração, pedindo perdão pelo pecado do sacrifício aos espíritos das águas, feito por mim no qual estou preso no coração do mar, e atado nos braços dos rios e toda espécie de lugar onde andei fazendo alianças com esses espíritos.

Agora em nome de Jesus, eu peço a Deus uma rede de malha fina em minhas mãos, e na força do Deus Todo Poderoso, Criador de todo universo, eu lanço esta rede nas águas, e retiro de lá tudo aquilo que me pertence. Passo agora essa rede em meu corpo físico, e que seja atingido meu corpo espiritual, e tanto um como o outro, sejam agora regenerados pelo sangue de Jesus Cristo de Nazaré.

Em nome de Jesus, eu desfaço essa aliança com todos espíritos que agem nas águas, desfazendo toda entrega que fiz aos espíritos das águas. Tudo que pertence a esses espíritos e estão em mim, saiam em nome de Jesus, e tudo o que eles me roubaram seja devolvido agora, em nome de Jesus.

Diante do que foi confessado, me declaro livre, e estes espíritos estejam sem poder para voltarem, ou se transferirem, pois, declaro essas estruturas em ruínas e sem poder de reconstrução, em nome de Jesus.

E se algo ainda está em oculto, ou caiu no esquecimento, peço a Deus que por misericórdia traga á minha lembrança, e sele a minha vida com o sangue de Jesus, fechando toda brecha, e colocando seus anjos guardiões, para que eu não seja atingido até que venham as lembranças das velhas alianças, e eu as renegue, rompendo definitivamente em nome de Jesus Cristo de Nazaré.

Eu me declaro livre e liberto da atuação destes espíritos, em nome de Jesus. Te agradeço, e louvo ao Senhor pelo que fazes agora em minha vida. Amém!

 



 

Relacionamento

Conexoes Ministeriais
 
escudos

Adquira o Livro:

LIVROOOOOO
 
Vamos a Moçambique?

logo Amor pelas Nacoes

Vamos ai Haiti e Cuba?

Julio Patrico em Haiti e Cuba

Sala de Oração ON-Line:

TOCAR O CEU PELA ORACAO

 Entre no Grupo 

facebook

 

 Canal YouTube

 

youtube

 

 

Galeria de Fotos

Newsletter

Assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades da nossa igreja.
Receber em HTML?

Vem ai...

Sem eventos

Ministério Avivamento Extravagante | Escola de Ativação Profética.