Pesquisa

PagSeguro UOL

Doação PayPal

R$100,00 ao Mês por Exemplo
   
          

Vamos Frutificar

Organograma da Igreja:

 

Vídeos de Cruzadas e Escolas:

 

R.M.M.

Rede de Mobilizacao Missionaria:

CaminharSozinho

D.A. - Discipulado Apostólico 1+1:

discipulos

 

Estudos Bíblicos - AP - Tempo de Colher e não mais de Semear
Índice do Artigo
Estudos Bíblicos
95 Teses da Reforma
AP - Barreiras para sermos Respondidos
Ciência não Exclui DEUS
Cientistas Descobrem Sodoma e Gomorra
Contemporaneidade dos DONS Espirituais
Curso de Exorcismo no Vaticano
Demônios que Energizam os Pensamentos dos Incrédulos
Entrevista Pastor Doug Fields
ESPANHOL - Adorando lo que Sabemos
ESPANHOL - Geración Profética
ESPANHOL - Mujer un Istrumento nas Manos de Dios
ESPANHOL - Una Iglesia en Avivamiento
AP - EVANGELISMO e DISCIPULADO
Exorcismo Científico
Expedição Russa sai em Busca da Arca de Noé
Feiticeira de En-Dor - I Sm 28.1-25
Feriados de Origem Pagã
História das Cartas do Baralho
Ap - História dos Avivamentos Espirituais
AP - Impedimentos de Entrar no Santo dos Santos
Informações Importantes sobre os
INGLES - Prophetic Generation
INGLES - The Church Livening
INGLES - Woman - An Instrument in God's Hand
AP - Intercessor na sala do Trono
AP - Jejum Bíblico
AP - Jejum Bíblico
Martírio dos Apostolos
AP - Métodos Dinâmicos para Manter a Chama Viva
MONDEX - ILLUMINATI
AP - Movimentos de Oração Modernos
AP - Movimentos de Oração Modernos
AP - Oração Cristã
AP - Oração Vitoriosa
Os Camelos Engolidos por Calvino
AP - Para que tanta Oração se Deus já sabe de tudo?
Paz com DEUS
Paz com DEUS
Primeiros Cristao e a Reencarnacao
Principais Datas do Evangelho no Brasil
Principais Datas do Cristianismo
Protestantismo: o que deu errado?
Queda da Babilônia
Sociedades Secretas e o Senhor Jesus Cristo - Parte 1
Sugestões Práticas para Equipes de Intercessão
AP - Tempo de Colher e não mais de Semear
AP - Tipos de Oração
AP - Tipos de Oração
AP - Você Precisa Orar
Todas Páginas

AP - Tempo de Colher e não mais de Semear
por Pr. Jelson Becker

É Tempo de Colher e não Semear

 

A maioria dos crentes identificam a evangelização mais com semear do que com colher. Acredito que o tempo de semeadura já passou. Todo o Antigo Testamento e seus Profetas apontavam para Cristo, a Semente da Mulher que esmagaria a cabeça da serpente.

Eles semearam.... e com a Nova Aliança, surge o tempo da Ceifa... pois como Jesus mesmo ensinou: “A minha comida, é fazer a vontade daquele que me enviou e terminar o trabalho que ele me deu para fazer.  Vocês costumam dizer: "Daqui a quatro meses teremos a colheita. " Mas olhem e vejam bem os campos: O que foi plantado já está maduro e pronto para a colheita. Quem colhe recebe o seu salário, e o resultado do seu trabalho é a vida eterna para as pessoas. E assim tanto o que semeia como o que colhe se alegrarão juntos. Porque é verdade o que dizem: "Um semeia, e outro colhe."  Eu mandei vocês colherem onde não trabalharam; outros trabalharam ali, e vocês aproveitaram o trabalho deles.” Jo  4:34-38

 

É tempo de levantar os olhos e olhar para os campos, eles já estão prontos, Jesus já pagou o preço na cruz, basta sairmos para colher. Jesus nos manda colher onde outros já trabalharam... todos os profetas da Antiga Aliança e Jesus. Nossa tarefa é COLHER, COLHER e COLHER.

 

Não podemos perder mais tempo. Veja como Jesus é prático nesse texto: “A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou...”. Jesus era uma pessoa comprometida com os RESULTADOS, ele não ignorava o PROCESSO, mas seu foco de atenção sempre estava nos RESULTADOS.

 

Muitos igrejas hoje estão com seu foco apenas no PROCESSO, e deixaram de se preocupar com os RESULTADOS. A igreja precisa ser um lugar acolhedor, seguro e tranqüilo, mas isso não implica em PROCRASTINAÇÃO, FALTA DE PLANEJAMENTO e RESULTADOS.
O Presente Desafio para a Igreja

 

Vejo muitos evangelistas contemporâneos se preocupado mais com os métodos do que com o conteúdo da evangelização. Isso revela uma carência de aceitação e sobrevivência num contexto pluralista e relativista como o do terceiro milênio.

O evangelho é DOGMÁTICO, é a verdade absoluta de Deus. Portanto, não deve ser discutido em debates de opiniões, mas proclamado. Quando proclamado fielmente opõe-se radicalmente aos atuais conceitos espiritualistas de nossa sociedade. Como diria Cornelius Van Til: -“É uma colisão de frente a frente”.

Logo, cada cristão comprometido e maduro espiritualmente deve ser um apologista do evangelho em todos os lugares. “Antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós”. I Pe 3:15.

Calcula-se que há no mundo hoje mais de 12 mil povos que ainda não foram alcançados com o evangelho. São aproximadamente 1,5 bilhões de pessoas. Esses povos vivem nas áreas mais difícieis geográfica, lingüística e culturalmente.

A maioria habita em regiões de grandes problemas sociais como a miséria, fome, falta de saneamento, elevada poluição, outros em contextos ainda piores como guerras civis, campos de refugiados, epidemias, tráfego de drogas, etc. mas sobretudo vivem cobertos por densas trevas espirituais.

Alcançar esses grupos com a mensagem do evangelho e gerar discípulos frutíferos tem sido o grande desafio da igreja hodierna. Tanto num contexto local quanto no cenário transcultural as dificuldades são grandes e os recursos limitados. Logo nada mais prudente dedicarmos tempo e dobrar nossa atenção na formação de líderes realmente sábios e habilidosos em  multiplicar recursos e em maximizar potenciais.

As palavras ditas por Jesus em Mt 28:19-20 a aproximadamente dois mil anos atrás  continuam ressoando até os nossos dias atuais... como não perder o sono e ficar inquieto?

Nós não podemos ficar indiferentes diante da triste realidade que nos cerca, atualmente morrem aproximadamente 68 mil pessoas por dia no mundo inteiro, e a grande maioria dessas pessoas sem nunca terem ouvido falar sobre a Salvação que havia para elas em Jesus Cristo.

Somos aproximadamente 6 bilhões de habitantes no mundo, destes aproximadamente dois bilhões são cristãos. Porém se analisarmos profundamente, chegaremos a conclusão que desses 2 bilhões de cristãos muitos são apenas nominais, outros católicos romanos... Outros 4 bilhões de habitantes dividem-se entre: Espiritismo, Agnosticismo, Ateísmo, Islamismo, Budismo, Hinduísmo, Confucionismo, Shintoismo e tantos outros “...ismos” que existem pelo mundo a fora.

Especificamente no Brasil, temos o grande desafio de alcançar os adeptos das seitas que se multiplicam assustadoramente em nossos bairros, cidades e estados.

 

I – Os Mórmons (Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias)

 

Em 1982, uma média de 627 novos membros eram acrescentados ao rol dessa seita todos os dias. Durante o ano de 1981, patrocinaram mais de 30 mil missionários de tempo integral.

Um missionário geralmente é um jovem com o mínimo 19 anos de idade, e gasta em média um a dois anos de sua vida servindo como missionário em outra cidade ou país.

Cada um procura fazer 60 a 70 horas de proselitismo semanal, o que inclui:

 

-                            25 horas para visitar lares e deixar material impresso;

-                            vender 12 exemplares do livro de Mórmon;

-                            conduzir 6 discussões sobre a sua crença e

-                            comunicar-se com 300 pessoas por semana.

 

Além dessa rotina semanal, são pressionados a ganhar pelo menos 6 novos adeptos à sua religião por ano.

Ao término de dois anos de trabalho como missionários, eles terão alcançado:

                   

-                            25 horas x 4 semanas x 24 meses = 2400 horas de visitação a lares e distribuição de literatira;

-                            12 x 4 semanas x 24 meses = 1152 exemplares do livro de Mórmon vendidos;

-                            6 x 4 semanas x 24 meses = 576 discussões sobre a sua crença e

-                            300 x 4 semanas x 24 meses = 28.800  pessoas com as quais eles se comunicaram.

 

Todo esse trabalho deve gerar no mínimo 6 pessoas ao ano, logo 6 x 2 = 12 novos adepto em dois anos.

 
II – Os Testemunhas de Jeová

 

No ano de 1983, missionários trabalhando em mais de 200 países foram responsáveis por mais de 161.896 batismos. Um total de 436.720.991 horas gastas em conseguir estes resultados.

Uma média de 2 mil a 3 mil horas de trabalho foram  despendidas para cada pessoa que eles conseguiram levar até o batismo.

No Brasil, porém, gastam em média 1.584 horas de trabalho por batismo, resultando em 11.649 batismos só e, 1983. Esse fato se deve ao baixo nível de informação da sociedade, pouco cultura, pouca leitura e principalmente pouca profundidade espiritual... na grande maioria católicos e evangélicos nominais acabam sendo os alvos preferidos por eles, pois segundo eles é muito fácil influenciá-los.

III – A Igreja da Unificação (Os Moonies)

 

Sun myung Moon, fundador e “pastor-presidente” dessa seita tem demonstrado uma capacidade fora de série de atrair jovens para sua organização. Ele usa seu exército de moços e moças para difundir seu programa mundial. Atualmente reside no Uruguai, onde recebeu asilo político depois de ter sido expulso da Coréia do Sul.

Possui um discurso messiânico e acredita ser uma espécie de reencarnação de Jesus Cristo... diz que o primeiro Cristo falhou ao morrer numa cruz, mas que ele não falhará.

O Brasil é uma espécie de “mostruário” chave dessa seita, pois como sabemos é um país muito miscigenado culturalmente, servindo de gigantesco laboratório para outras culturas. Existe uma sede nacional com mais de 24 filiais estaduais, mais de cem igrejas estabelecidas e mais de mil congregações só em nosso território nacional. Esta literalmente construindo uma cidade no estado do Mato Grosso, de onde pretende expandir sua organização para todos os países da  América. No Uruguai é dono de um banco privado.

Existe uma organização chamada International Relief Friendship Foundation, que significa Fundo Internacional de Socorro Social e Amizade. Essa instituição é mantida pela Igreja da Unificação, e angariam verba de diversos governos para seus projetos internacionais.

 
IV – O Islamismo no Brasil

 

O Brasil também tem sido um país alvo do Plano de Islamização do Ocidente. Nosso país possui mais de 11 milhões de brasileiros de origem árabe, senda a maioria católica ou ortodoxa, enquanto a outra parte são praticantes do islamismo.

De acordo com dados do livro Intercessão Mundial, oficialmente existe cerca de 0,1% de mulçumanos no Brasil, mas segundo essa fonte os mulçumanos alegam ser 1,4% da população brasileira. Dados da Sociedade Beneficente Mulçumana de São Paulo, dizem existir mais de um milhão de mulçumanos praticantes no Brasil, sendo 150 mil mulçumanos praticantes só no Estado de São Paulo, com 8 mesquitas na grande capital, 50 mesquitas em todo o Estado e mais de 200 mesquitas espalhadas nas principais cidades do Brasil.

Entre as cidades com maior concentração de mulçumanos encontra-se São Bernardo do Campo-SP e Foz do Iguaçu-PR.

A proposta atual é expandir o islamismo para as demais regiões do Brasil desenvolvendo uma aproximação estratégica com diversos ramos da sociedade, e investimentos na mídia através de programas de rádio, televisão destacando-se as novelas da rede globo.

Em diversas cidades do Brasil novas mesquitas, centros e escolas islâmicas estão sendo construídas. Em São Paulo, tive o privilégio de me reunir com alguns jovens que estudavam em uma escola Islâmica, cursavam o primeiro grau regular e realizavam estudos bíblicos em secreto nos intervalos das aulas e horário de recreio.

 
IV – Nova Era e diversos movimentos contraditórios

 

Além dessas grandes seitas e religiões que estão crescendo assustadoramente em nosso país, temos  movimentos contraditórios como por exemplo: Hare Krishna, O Caminho, Sei-cho-noie, BLIA, Ciência Cristã, Meninos de Deus, Filhos da Luz... O Espiritismo Kardecista deve ser o mais difundido entre os católicos romanos, sem falar no baixo espiritismo como é o caso do Candomblé e outros cultos africanos.

 

A triste verdade a respeito do crescimento de todas essas seitas é que o solo mais fértil para elas tem sido os “evangélicos analfabetos”, ou melhor, cristãos que um dia passaram a freqüentar uma igreja, mas jamais foram devidamente Discipulados. As palavras de Oséias 4:6a são muito bem vindas para a igreja de hoje: “O meu povo tem sido destruído, porque lhe falta o conhecimento”.

Adeptos de seitas tem demonstrado mais carinho e dedicação do que muitos pastores e membros de igrejas evangélicas. Como permanecer parado diante desse grande desafio? Ou nós acreditamos que o Evangelho é a palavra de Deus para a salvação do homem ou nossa fé não passará de ritos e mera simbologia.

 

Não podemos permanecer calados, quando conhecemos a resposta que o mundo precisa ouvir: Jesus.

 
A Resposta de Deus para Essa Situação

 
“A igreja é a única instituição capaz de resolver o problema do homem com Deus!”

 

A humanidade tem sede e fome de Deus. Para saciar seus anseios o homem tem recorrido a todo tipo de religião e seita. Elas só tem crescido porque eu e você, a igreja tem falhado em sua função profética.

Muitos de nós tem permanecido sentados, enquanto eles trabalham dia e noite.

Muitas das nossas igrejas estão preocupadas em construir algo novo, enquanto eles estão preocupados em distribuir literatura e visitar lares.

Muitos dos nossos estão cansados, sem tempo e/ou sem prioridades, enquanto eles estão comprometidos com uma doutrina que nós sabemos o quanto é demoníaca.

Nós temos a resposta para a Salvação, mas outros tem trabalho muito mais...

Pense bem: - Se todas essas seitas e religiões, tem realizado tamanho esforço para alcançar lares com suas doutrinas, por que eu e você não podemos realizar muito mais do que eles para alcançarmos vidas com a verdade da salvação em Jesus Cristo?

Se eles que estão comprometidos com uma doutrina errada, enganosa conseguem levar adiante seus planos, por que nós que estamos comprometidos com a verdade do evangelho não podemos realizar planos ainda maiores?  È tempo de despertar igreja!

 

“ Se você quer fazer crescer alguma coisa para durar um estação, plante flores.

Se quiser fazer crescer alguma coisa para durar uma vida inteira, plante árvores.

Mas se quiser fazer crescer alguma coisa por toda a eternidade, plante igrejas e ganhe almas para Jesus.”

 

Deus tem levantado em nossa geração um grupo de homens e mulheres cheios do Espírito Santo. Com um coração voltado para missões e evangelismo local, são crianças, jovens, adultos e idosos que não medem esforços para mudar esses números e dar a volta por cima dessa situação.

 

A pressão da sociedade em nossos dias não é diferente da pressão e perseguição que todos os profetas sofreram no passado. Nossos jovens hoje, continuam sendo alvo do pecado semelhante a jovens cheios do Espírito como Josué, José no Egito ou Daniel e seus amigos.

 

È nesse contexto que Deus tem soprado seu Espírito Santo, e levantado das cinzas e dos ossos secos um grande exército de homens e mulheres cheios de amor pelos perdidos. Pessoas comprometidas em propagar o evangelho, e para tanto não medem esforços. Contribuem com seu tempo, talento, recursos financeiros e principalmente com suas vidas.

 

Você é a resposta de Deus para essa situação. Você é a resposta de Deus para as seitas, as religiões pagãs e para essa sociedade corrompida pelo pecado que persegue os crentes e apedreja os seus profetas. Proclamar o evangelho e reunir os convertidos em comunidades locais é o método estabelecido por Deus em sua palavra (At 14:21-28), para restaurar nossa sociedade sem Deus.

 



 

Relacionamento

Conexoes Ministeriais
 
escudos

Adquira o Livro:

LIVROOOOOO
 
Vamos a Moçambique?

logo Amor pelas Nacoes

Vamos ai Haiti e Cuba?

Julio Patrico em Haiti e Cuba

Sala de Oração ON-Line:

TOCAR O CEU PELA ORACAO

 Entre no Grupo 

facebook

 

 Canal YouTube

 

youtube

 

 

Galeria de Fotos

Newsletter

Assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades da nossa igreja.
Receber em HTML?

Vem ai...

Sem eventos

Ministério Avivamento Extravagante | Escola de Ativação Profética.